On

Indícios de que Eduardo Campos foi assassinado e avião sabotado..

A morte do Governador Eduardo Campos candidato a Presidência repercutiu por todo o mundo.
Após as investigações iniciarem, algumas evidências já foram encontradas e estão sendo enviados para uma perícia superior.
Quatro agentes da Abin foram presos por suspeita de bisbilhotar a vida do governador, todos estavam disfarçados de portuários.
Nos últimos meses, a presidente Dilma Rousseff reacomodou no ministério partidários que havia demitido após denúncias de corrupção. Forçou governadores do PSB a minar planos do governador Eduardo Campos.
Dilma como sucessora do ex-presidente Lula, está tentando montar a maior coligação eleitoral da história, para que os rivais não tenham com quem se aliar futuramente.
Tudo é feito com as caras completamente abertas, assim como a volta dos “faxinados” PR e PDT à Esplanada, não sendo só isso, também há uma face clandestina no superior governista, que tem direito a espionagem por agentes de estado.
Eduardo Campos foi um dos alvos dessa ação, devido ser considerado uma ameaça ao PT e à reeleição de Dilma. O PT temia que os votos da região Nordeste fossem divididos entre Dilma e Campos.
Em 11 de Abril,  quatro espiões da Abin (Agência Brasileira de Inteligência) foram detidos se passando por funcionários que trabalhavam no local, o foco dos Abin’s eram buscar informações para serem usadas contra Eduardo Campos. O que eles menos esperavam é que a Secretaria de Segurança Pública já estavam de olho neles, disfarçados de portuários, eles foram abordados por seguranças e apresentaram documentos falsos alegando serem operários do evento que estava em andamento.
Em seguida, os seguranças acionaram a PM e os agentes acabaram se identificando serem da Abin e estarem em uma missão sigilosa e pediu que não fossem feitos registros oficiais da detenção.

Fonte: 
TUDOENOTÍCIA 


Evidências de que a queda do avião de Eduardo Campos foi um atentado


O desastre aéreo que vitimou o candidato à presidência da República Eduardo Campos e outras seis pessoas ainda é muito recente para termos certeza de algo, mas há fortes evidências que apontam para a hipótese de atentado. Seguem abaixo algumas delas:
1) A aeronave Cessna 560XL Citation Excel é extremamente segura e confiável - este foi o primeiro acidente com mortes registrado em voos dela, em mais de um milhão de decolagens desde 1996, quando foi lançada no mercado. Segundo especialistas, o avião tem potência de sobra para a manobra de arremetida, que antecedeu a queda. Além disto, o avião acidentado foi construído em 2011 - era relativamente novo. Segundo a ANAC, a manutenção do avião estava em dia, com validade até fevereiro de 2015. Falha do equipamento é um cenário praticamente impossível, de acordo com todos os especialistas que opinaram publicamente sobre o acidente.
2) Os dois comandantes presentes no avião eram muito bem preparados - para pilotar um Cessna 560XL, além da licença, é necessário passar por um rigoroso treinamento nos Estados Unidos. Falha humana também é uma hipótese bastante improvável, de acordo com os especialistas.
3) O mau tempo dificilmente causa a queda de um avião como esse, também de acordo com os mais diversos especialistas.
4) Diversas testemunhas oculares da tragédia garantem que a aeronave já estava em chamas durante a queda, o que sugere uma improvável explosão ainda no ar, antes do choque com o solo.
5) Ao contrário do que muitos têm sugerido, o ex-governador Eduardo Campos era, sim, um alvo em potencial, como terceiro colocado nas pesquisas para a presidência da República. Eduardo Campos tinha mesmo poucas chances de vitória nesta eleição, mas era um político relativamente jovem, com recém-completados 49 anos. Ainda incomodaria muita gente, e tinha chances reais de vitória em eleições futuras. Sua morte seria e será útil para alguns de seus oponentes políticos. Em janeiro, Eduardo Campos foi violentamente atacado na página oficial de um dos grandes partidos do país.
6) Marina Silva, a candidata a vice-presidente na chapa de Eduardo Campos, também é um alvo, e poderia estar no avião. Marina só não estava no voo porque antecipou a viagem, para gravar o programa eleitoral de televisão. Candidata à presidência nas eleições de 2010, ela obteve expressivos 19.636.359 votos, sendo, sem dúvidas, uma das maiores forças políticas do país.

7) A caixa-preta estranhamente não gravou os diálogos do voo fatídico. O áudio encontrado referia-se a outro voo daquela aeronave. Em tese, a caixa-preta deveria gravar todos os diálogos, sempre. O dispositivo teria sido sabotado? O manual do Cessna 560XL orienta o comandante a verificar o seu funcionamento antes de cada decolagem.
O desastre aconteceu por volta das 10 horas da manhã desta quarta-feira 13, quando a aeronave Cessna 560XL Citation Excel, prefixo PR-AFA, caiu em Santos, após decolar do Aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro, com destino ao Aeroporto do Guarujá.
Há poucos meses, foi sancionada uma Lei que obriga o sigilo nas investigações de acidentes aéreos pela Aeronáutica. Que a investigação desta triste e lamentável tragédia seja rigorosa e imparcial, para que os fatos sejam esclarecidos, e a verdade venha à tona.
PCFilho
(post editado às 23:00 do dia 15/08, com a inclusão da evidência 7)
Fontes:
- BBC.
- Folha.
- G1.
- O Globo.
- O Globo.
- Veja.
- Wikipedia.


Outras matérias sobre: