Como se prevenir dos golpes dos falsos agentes no mundo da música?

 

   Helton Lucas, comenta sobre casos de pessoas que foram enganadas e dá dicas de como evitar ser a próxima vítima Viver de música é o sonho de muitas pessoas no mundo inteiro. Por saberem das dificuldades de se destacar neste âmbito, muitas acabam sendo iludidas por oportunidades que parecem ser imperdíveis, mas na verdade, são golpes que podem destruir sonhos e carreiras. 

      “Existem pessoas que se dizem divulgadores, entram em grupos de whatsapp e fazem vídeos falsos com radialistas como se a música do artista estivesse tocando na rádio. Isso engana muitos artistas no início da carreira”, exemplifica Helton. Além disso, existem falsos divulgadores que prometem realizar algum serviço e somem com os recursos financeiros do artista. “Eles usam até mesmo o nome de artistas famosos para atrair novos clientes”, explica. 

    O especialista chama atenção também para os golpes com a venda de shows, quando pessoas afirmam que irão vender as apresentações e não repassam o cachê referente aos artistas. “O artista acaba ficando queimado por não ter como pagar os custos da banda e seus próprios custos. O empresário dele acaba por derrubar o nome do artista no mercado”, detalha. 

    Para Helton Lucas, o primeiro passo para evitar ser uma vítima desse tipo de situação é sempre exigir comprovantes de trabalhos anteriores. “Nas execuções do rádio nós temos a ConnectMix, onde você pode acompanhar o trabalho das rádios do Brasil e realmente saber se o divulgador tem credibilidade”, afirma. 

      “Muitas vezes, um mídia kit produzido e bem feito não significa muita coisa. O trabalho tem que se comprovado”, aconselha. Um outro ponto a ser considerado é que haja sempre um contrato para obter segurança e garantias. “É uma porcentagem de risco que acaba caindo. Busque empresas que promovem uma garantia de serviço”, pontua o radialista.

Por Helton Lucas

Postar um comentário

0 Comentários