O governador Camilo Santana (PT) usou, nesta segunda-feira, 28, um tom de despedida para reforçar sua saída do cargo no Palácio da Abolição nos próximos dias. Durante inauguração do Centro de Formação e Desenvolvimento para os Profissionais da Educação do Estado do Ceará Professora Maria Neli Sobreira de Oliveira (FormaCE), no bairro  João XXIII, o petista confirmou que a vice-governador Izolda Cela já estará no cargo no próximo sábado, 2.

"No dia 2, o Estado estará em excelentes mãos da minha querida vice-governadora Izolda Cela. Uma pessoa íntegra, seríssima, que revolucionou essa educação e onde eu estiver nós vamos estar juntos trabalhando ao nosso querido estado do Ceará", disse Camilo. Em sua última semana como governador, a expectativa é que o petista oficialize sua desincompatibilização para tentar vaga no Senado Federal.

Ao lado da vice-governadora e da secretária da Educação, Eliana Estrela, o governador fez ainda um breve comentário sobre sua saída do cargo. "Fica o sentimento de gratidão, de agradecimento a todo trabalho que a Educação fez ao longo desses sete anos e três meses que eu estou à frente do governo", disse. Sobre a sucessão, ele voltou a elogiar Izolda e se considerou "tranquilo" durante a transição. 

"Fico muito tranquilo porque sei que entregarei o estado pra dar continuidade ao trabalho a uma extraordinária mulher que esteve comigo ao meu ao meu lado nesses sete anos e três meses. Aliás que é a grande responsável pela grande revolução por esse avanço importante da educação do estado do Ceará", finalizou Camilo.

O POVO