A pandemia de covid-19 reduziu em 4,4 anos a expectativa de vida dos brasileiros, é o que revela um levantamento do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea). Em 2019, antes da crise sanitária, a população brasileira vivia, em média, 76,6 anos. 

Todavia, entre março de 2020 e dezembro de 2021, a longevidade caiu para 72,4 anos. “Isso tudo aconteceu por causa da sobrecarga dos hospitais e aumento de mortes por covid-19 durante os últimos dois anos”, avalia a especialista em demografia, Ana Amélia Camarano. 

Se o País não conter os óbitos em decorrência do coronavírus, a expectativa de vida tende a diminuir ainda mais. “Para reverter o cenário, precisamos em primeiro lugar acabar com essa crise sanitária. Depois disso, é necessário investir em saúde no Brasil visando o longo prazo”, comenta a profissional.