A partir do dia 7 de março, quem estiver inadimplente com o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) já pode renegociar suas dívidas. Segundo dados do Ministério da Educação, o total de alunos com mais de 90 dias de atraso no pagamento corresponde a 51,7 % do total. 

Ainda segundo o levantamento, as dívidas já somam R$ 9 bilhões em prestações não pagas. Para estudantes com dívidas de 90 a 360 dias de atraso, o desconto é de 12% no saldo devedor. Acima de 360 dias, o desconto chega a 86,5%. 

O valor é isento de juros e o parcelamento de multas pode ser feito em até 150 vezes. Beneficiários do CadÚnico ou do Auxílio Emergencial têm acesso a desconto de 92%, com parcelamento de dívidas em até dez vezes.