A Caixa Econômica Federal começa a liberar nesta quarta-feira (20) os saques de até R$ 1 mil das contas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Pelo calendário divulgado, a liberação dos recursos começará pelos trabalhadores nascidos em janeiro e segue até 15 de junho, quando recebem os nascidos em dezembro (veja as datas abaixo).

O trabalhador precisará ficar atento: a maioria dos cerca de 42 milhões de trabalhadores receberá o dinheiro automaticamente, na conta poupança social digital da Caixa. No entanto, em caso de dados incompletos que não permitam a abertura da conta digital, o trabalhador terá de pedir a liberação dos recursos.

Todo o processo para pedir o saque será informatizado. O trabalhador não precisará ir à agência da Caixa, precisando entrar no aplicativo FGTS, disponível para smartphones e tablets, e inserindo os dados pedidos.

Outro ponto a que o trabalhador precisa ficar atento é a retirada do dinheiro. Os recursos estarão disponíveis até 15 de dezembro e voltarão para a conta vinculada do FGTS depois desta data, caso o dinheiro não seja gasto, retirado ou transferido para uma conta corrente.

Os valores só podem ser movimentados por meio do aplicativo Caixa Tem, que permite o pagamento de contas domésticas e a realização de compras virtuais em estabelecimentos não conveniados. O Caixa Tem também permite o saque em caixas eletrônicos e a transferência para a conta de terceiros.

Quem não quiser que o dinheiro seja retirado de sua conta do FGTS, deve acessar o aplicativo do Fundo ou site fgts.caixa.gov.br para desfazer o recebimento do saque extraordinário. 

Consulta
Para saber se receberá automaticamente o dinheiro, o trabalhador precisa fazer uma consulta. O processo pode ser feito tanto no site fgts.caixa.gov.br quanto no aplicativo FGTS. 

O site informa apenas a data da liberação e se o crédito será feito de forma automática. Já o aplicativo tem mais funcionalidades, como a consulta aos valores, a atualização dos dados da conta poupança digital e o pedido para desfazer o crédito e manter o dinheiro na conta do FGTS.

Confira o passo a passo da consulta

Pelo site
  • Acesse o site www.fgts.caixa.gov.br
  • Na página inicial, escolha a opção "Saque Extraordinário do FGTS" e clique em "Consulte aqui"
  • Informe o CPF ou o número do PIS
  • Clique em "Não sou um robô", selecione as imagens pedidas pelo sistema e clique em "Verificar"
  • Informe a senha usada para consultar o extrato do FGTS. Caso o trabalhador não se lembre ou não a tenha, clique em "Cadastrar/recuperar senha"
  • Cadastre seu número de celular para receber SMS com atualizações sobre o saque. Se não quiser receber mensagens, basta clicar em "Não quero receber Extrato FGTS e notificações em meu celular"
  • Por fim, aparecerá uma mensagem informando se você tem direito ao saque do FGTS, a data da liberação do dinheiro e como será feita essa retirada

Pelo aplicativo
  • Atualize ou baixe o aplicativo FGTS no dispositivo móvel
  • Entre no aplicativo
  • Clique em "Continuar" quando o sistema perguntar se pode usar caixa.gov.br
  • Informe o CPF
  • Clique em "Não sou um robô", selecione as imagens pedidas pelo sistema e clique em "Verificar"
  • Informe a senha usada para consultar o extrato do FGTS e clique em "Entrar"
  • Após mensagem com informações sobre o saque extraordinário do FGTS, clique em "Entendi"
  • Na tela inicial, clique em "Saque Extraordinário", no quadro laranja
  • Na tela seguinte, aparecerá o valor disponível para saque
  • Clique em "Ver contas FGTS liberadas" para saber de que contas o valor está sendo liberado
  • Na próxima tela, aparecerá a quantia disponível para saque
  • Caso o pagamento seja automático, o aplicativo informará a data e o modo de retirada
  • Como pedir o saque pelo aplicativo em caso de depósito não automático
  • O próprio aplicativo pedirá que o trabalhador faça o pedido de saque, bastando clicar no botão "Solicitar saque", de cor laranja
  • Clique em "Confirmar" para autorizar a abertura de conta poupança social da Caixa em seu nome. Essa é a única opção para receber os recursos do FGTS
  • Aparecerá a seguinte mensagem: "A Caixa irá processar a solicitação e caso esteja tudo certo, o valor será creditado em sua conta"

Agência Brasil