O Governo do Estado do Ceará publicou no dia 20 de abril, um decreto que proíbe, o uso de carros de som e paredões de som em vias públicas, espaços públicos e privados de livre acesso ao público, como calçadas, estacionamentos, postos de combustíveis e balneários. A proibição considera independentemente da medição de decibéis. 

Em Senador Sá muitos eventos tem como atrações os paredões de som. No bairro N.S. do Amparo (Matadouro) moradores relatam a constante perturbação do sossego por consequência desses eventos. O local apesar de não ser no centro ainda é uma área urbana, e após o decreto estadual esses eventos precisam acontecer em local apropriado e com autorização do órgão municipal competente ou pela Superintendência Estadual do Meio Ambiente (Semace), com isolamento acústico e assegurada inexistência de perturbação do sossego público diz o texto do documento. 

Com o anúncio de mais um evento para o sábado (7) moradores contam que quando veem os avisos sabem que será uma noite sem um momento de paz. Cabe ao poder público não fornecer alvará para esses tipos de eventos e fiscalizar para que a população tenha o sossego garantido. Segundo o decreto estadual em caso de descumprimento, deve ser aplicada uma multa, que será triplicada em caso de reincidência. A multa é de R$520 e poderá chegar até R$1.560, além da apreensão do equipamento.